UMA HISTÓRIA  DE SUPERAÇÃO

Com dois anos de  idade Arnulf Erich Stegmann perde a funcionalidade das mãos devido a uma paralisia infantil, mas isso não o impediu de completar os seus estudos e especializar-se em artes, a sua grande paixão.

 

Movido pelo autruísmo ele reuniu um grupo de artistas com deficiência física de 8 países europeus, objetivando que ganhassem o seu próprio sustento através de seus esforços artísticos. Assim, juntando suas habilidades criativas com uma visão de negócios, Stegmann fundou em 1956 a Associação dos Pintores com a Boca e os Pés como uma organização corporativa que reproduziu os trabalhos dos seus artistas, principalmente na forma de cartões, calendários e outros produtos.

 

O pequeno grupo que ele reuniu no encontro inaugural da Associação dos Pintores com a Boca e/ou os Pés agora cresceu, representando aproximadamente 800 artistas em 75 países ao redor do mundo, todos movidos pelo mesmo f0co de Stegmann: A Associação dos Pintores com a Boca e os Pés nunca deve ser considerada uma instituição de caridade. Para ele, a palavra “caridade” era tão abominável como a palavra “pena”.

 

No Brasil

Atualmente há 47 artistas no Brasil, muitos dão palestras e demonstrações de pintura para escolas, em feiras, empresas e outros grupos interessados, oferecendo uma melhor compreensão do trabalho que está sendo feito pela Associação e as possibilidades disponíveis como oportunidade para as pessoas com deficiência. Conheça mais sobre eles na página de Artistas.

 

Objetivos

– Fazer contato com artistas que perderam o uso de suas mãos, seja por nascença, acidente ou doença, e agora pintam com a boca e/ou os pés.

– Contatar pessoas com deficiência que gostariam de aprender a pintar e ganhar seu próprio sustento através dessa capacidade.
– Atender os interesses dos artistas, facilitando a venda de seu trabalho, principalmente na forma de reproduções como cartões, calendários, etc.
– Publicar material que comunique e apoie o propósito da organização.
– Auxiliar os artistas com deficiência na obtenção de autoestima, realização criativa e segurança financeira.

 

Quem pode fazer parte?

Qualquer um que tenha perdido o uso das mãos e pinta segurando o pincel com a boca ou com os pés, independentemente de raça, credo ou cor, pode fazer parte da Associação. Enfim, a Associação está constantemente buscando novos talentos promissores entre os deficientes que, talvez, tenham começado a assumir a pintura como uma forma de terapia e queiram profissionalizar-se.

 

Benefícios

Os estudantes recebem uma bolsa para ajudar a melhorar o seu padrão de pintura, através de fundos para compra de material de pintura, aulas, formação academica e etc.

Os bolsistas e membros também se beneficiam da interação entre eles, conhecendo-se nas conferências da Associação, exposições e outros eventos, onde eles são capazes de se reunir, interagir e aprender uns com os outros.  

 

SE VOCE ADQUIRE NOSSOS PRODUTOS, MUITO OBRIGADO E PARABÉNS PELO BOM GOSTO! 

 
 
 
 

SIGA-ME

  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • c-youtube

Marcelo Cunha -  Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now